imagem E-book GRÁTIS Mostra Como Escrever Seu Livro!

Cadastre-se e receba o e-book completamente grátis, com a fórmula do sucesso de histórias como Rei Leão, Matrix, Star Wars, Harry Potter e tantos outros livros e filmes. Comece AGORA! E realize seu sonho de escrever e publicar, seu livro!

Como Fazer uma Crônica

Compartilhe:
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Se você que saber como fazer uma crônica, ao terminar de ler este texto, você saberá:

  • O que é uma crônica;
  • Como escolher um tema para sua crônica;
  • Como organizar as ideias;
  • Como começar uma crônica;
  • E tudo mais que é necessário para ter sucesso nessa empreitada.

Se você se interessa pelo assunto, não leia este texto, devore-o!

O que é crônica?

A palavra crônica vem do nome de um deus grego, “Chronos” que é a divindade que controlaria o tempo. Representava a personificação do tempo eterno e imortal.

Um dos pontos mais característicos da crônica é o fato de retratar os fatos do cotidiano (tem de ser contemporânea) de um ponto de vista bem pessoal. Por isso, costuma ser carregada de adjetivos, humor e ironia. É uma mistura de jornalismo e literatura. Pode ter personagens e ser escrita em primeira ou terceira pessoa, além de poder utilizar o discurso direto (aquele com o travessão e as falas), onde se coloca de forma literal as falas das personagens. Nesse caso fica muito parecida com um pequeno conto. As vezes é até bem difícil diferenciar.

Existem vários tipos:

  • Crônica humorística: que tem como dois ótimos exemplos: José Simão e Millôr Fernandes. É preciso expor muito bem a situação e ter uma boa sacada para realmente ter graça;
  • Crônica narrativa: como busca mostrar o ponto de vista do autor sobre algum fato do cotidiano, começa narrando os fatos e termina com a opinião, geralmente contundente, do autor;
  • Crônica literária: busca contar uma história do cotidiano para mostrar um ponto de vista.  Luis Fernando Veríssimo é um expoente, assim como Clarice Lispector;
  • Crônica argumentativa: nesta a intenção é se posicionar contra ou a favor de um determinado tema, fazer pensar sobre ele. Inicia apresentando a discussão, prossegue com algumas interpretações e conclui com a opinião do cronista.

Encontrei também, nas minhas pesquisas, a classificação a seguir:

  • Crônica Lírica, que tem muita semelhança ou proximidade com a literária apresentada ali acima: o texto escrito deve expressar sentimentalismo;
  • Crônica Jornalística, que se confunde com a narrativa, falada anteriormente: escreve notícias ou acontecimentos particulares;
  • Crônica Ensaio, acredito que seja uma definição próxima da argumentativa: é um texto escrito com intenção de criticar fatos sociais;
  • Crônica Filosófica, que também é relacionada com a argumentativa: mais profunda e analítica. Observa um evento.

Mas enfim, essa classificação não é tão importante e não deve engessar você na hora de criar. Serve mais para exemplificar como a crônica é abrangente e versátil.

Características

Do que já conversamos até aqui, podemos destacar as 3 características mais marcantes de uma crônica:

  • Texto curto;
  • Temas do cotidiano;
  • Um sentimento pessoal sobre o tema.

Como começar uma crônica

Para escrever, podemos seguir um pequeno roteiro genérico:

  • Escolher o tema.
  • Uma rápida introdução.
  • Desenvolvimento do fato do cotidiano.
  • A grande sacada.

Tenho um artigo onde isso é tragado mais detalhadamente: Como Começar uma Crônica.

Escolha do tema

Para começar, devemos escolher algum fato da atualidade, do cotidiano que chamou nossa atenção que nos tocou.
Essa etapa é fácil, basta procurar na TV ou em jornais, revistas, sites de notícias, etc.
Podemos encontrar assunto nas ruas, conversando com as pessoas, no cafezinho, num bate-papo no corredor no trabalho… Diversifique!
Qualquer coisa serve de tema para uma crônica.
Um cronista é essencialmente um observador. Observe. Olhe com um olhar mais profundo, analise.
O tema escolhido deve atrair nossa atenção, despertar nosso senso crítico, nosso lado humorista, causar alguma sensação: desânimo, melancolia, paixão, alegria, indignação, nojo, felicidade, horror, solidariedade…
Certamente o sentimento nos ajudará a fazer uma crônica muito melhor.

Como escrever, passo a passo

Depois de escolhido o tema, fato, ou seja lá o que for que escolhermos para nossa crônica, devemos construir nossa opinião sobre ele.

Estruturar as ideias

Para estruturar as ideias, faze-las surgir e organiza-las podemos completar as seguintes frases:

  • A solução seria…
  • Quando soube, eu fiquei…
  • Na minha opinião, esse fato é…
  • Sobre esse fato, estão falando…
  • Se eu estivesse nessa situação, eu…
  • Esse fato está relacionado comigo, pois…
  • Quando penso nisso, a primeira coisa que me vem à cabeça é…

Agora que formamos e formatamos um pouco nossa opinião sobre o fato, chegou a hora de escrever. O ponto de partida pode ser o próprio fato, mas também podemos chegar a ele no decorrer da crônica, isso vai do estilo (que deve ser cultivado) de cada um.

Sobre o fato é bom saber

  • Enredo: Como tudo aconteceu.
  • Personagens: As pessoas envolvidas.
  • Tempo: Quando tudo aconteceu.
  • Espaço: Onde aconteceu o que você conta.
  • Foco narrativo: Quem conta a história, é alguém que viu e tem um conhecimento parcial? É uma das personagens? É um observador onisciente, que conhece até os sentimentos e pensamentos das personagens? (este último é mais comum em contos do que nas crônicas).

Dicas

Bom, para finalizar, algumas dicas finais:

  • Pode abusar dos adjetivos,
  • Descreva os lugares, para o leitor se sentir imerso na história,
  • Não escreva cronicas muito longas, a menos que isso seja absolutamente necessário,
  • Leia muito. Se quer ser um cronista… leia crônicas,
  • Seja observador,
  • Não esqueça do ponto de vista pessoal, do sentimento,
  • Quer escrever com profundidade? Torne-se profundo…

Agora, mãos à obra!

Se quer saber mais:
* A criação literária- Prosa- Massaud Moisés – Editora Cultrix.
* A Crônica – Jorge de Sá – Série princípios – Editora Ática
* A Crônica – o Gênero, sua fixação e suas transformações no Brasil – Editora da Unicamp – São Paulo
Obs.:-Este texto-base está amparado no site:-www.tvcultura.com.br

Gostou deste texto? Comente, deixe sua opinião, sua colaboração.

Já escreveu uma crônica? Como foi a experiência?

Compartilhe nas redes sociais!

Sumário
Como fazer uma crônica
Nome
Como fazer uma crônica
Descrição
A crônica é um formato divertido, aparece em todos os meios de comunicação e é um eficiente instrumento para critica social. Que tal aprender a fazer uma crônica em alguns passos?
Autor
Autor
A Arca.com
Logo
imagem E-book GRÁTIS Mostra Como Escrever Seu Livro!

Cadastre-se e receba o e-book completamente grátis, com a fórmula do sucesso de histórias como Rei Leão, Matrix, Star Wars, Harry Potter e tantos outros livros e filmes. Comece AGORA! E realize seu sonho de escrever e publicar, seu livro!

MigX

Engenheiro, funcionário público, metido a escritor e ilustrador... Publicou na Quark, Scarium e e-nigma. Membro fundador da Oficina de Escritores, vem tentando sua própria jornada do herói na vida, e a viagem do escritor, nos blogs e na OE.

2 thoughts on “Como Fazer uma Crônica

  • 22 de abril de 2018 em
    Permalink

    Gostei muito da explicação . Será um excelente ponto de partida.
    Obrigado.

    Resposta
  • 4 de maio de 2018 em
    Permalink

    eu ja escrevi uma cronica mas nao consegui publica se v6 poderem me ajuda entre em contato facebook, ismael araujo

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.