Pin It

Para onde vai o lixo eletrônico?

Guiyu, na China, recebe, todos os dias, um milhão de toneladas de lixo eletrônico. A maioria vem dos Estados Unidos, do Japão e da Coréia do Sul.

Desde 1995, a cidade vem atraindo camponeses para efetuar o árduo e mal pago trabalho de separar os componentes eletrônicos que podem e não podem mais ser utilizados. Geralmente, os trabalhadores recebem apenas US$ 1,50 (R$ 3,5) por um dia de 16 horas de trabalho.

Leia mais no HypeScience.

Veja também:

Compartilhe:

MigX

Engenheiro, funcionário público, metido a escritor e ilustrador... Publicou na Quark, Scarium e e-nigma. Membro fundador da Oficina de Escritores, vem tentando sua própria jornada do herói na vida, e a viagem do escritor, nos blogs e na OE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *