fbpx
imagem Parecendo um Idiota Devido aos Erros de Português?

E-book GRÁTIS Mostra, com 28 Mapas Mentais de Gramática, como parar de cometer esses erros vergonhosos. Cadastre-se e receba também, nossas dícas para melhorar sua memória, para provas e concursos...

Método John Place para Memorizar Textos

Compartilhe:
  • 1
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Neste post vou te mostrar de maneira bem rápida o Método John Place para memorização de textos.

Ao final, você vai conhecer a história do método e o passo a passo para começar a usar imediatamente.

John Place

John Place é um bem-sucedido professor universitário, formado em Gerenciamento de Sistemas de Informação, pela Universidade de Missouri, formou-se com a maior nota da sua turma.

Após a faculdade, ele investiu na carreira de programador e arquiteto. Atualmente, ele é professor universitário e dá consultoria em motivação para diversas grandes empresas nos EUA.

Na faculdade, ele memorizou 7 capítulos (mais de 23.000 palavras) de seu livro texto de psicologia. Ele era capaz de realmente recitar os 7 capítulos na íntegra. Esse feito ocorreu graças a duas declarações feitas por um professor em sua faculdade:

  • Nenhum aluno nunca tirou nota máxima em minha primeira prova;
  • Todas as respostas da prova poderiam ser encontradas nos primeiros 7 capítulos do livro texto.

Isso mudou tudo para John.

O Método John Place

Determinado a ser o melhor aluno de sua sala, ele simplesmente memorizou os 7 capítulos na íntegra.

É óbvio que nem todos desejam memorizar mais de 20.000 palavra para uma prova. No entanto, seu método é um bom exemplo de como uma repetição sistematizada, aliada ao bom uso da sinestesia, podem ser utilizadas para se memorizar qualquer coisa.

Passo a Passo

  1. Inicialmente, use um lápis ou processador de texto para anotar, em frases completas, qualquer fato que você julga que possa aparecer em sua prova;
  2. Leve suas anotações para uma sala silenciosa, feche a porta e elimine todas as distrações;
  3. Leia a primeira frase em voz alta. Em seguida, feche seus olhos e repita a frase sem olhar no papel;
  4. Repita o passo acima, agora lendo as 2 primeiras frases;
  5. Agora, repita o processo utilizando cada vez uma frase a mais. Repita as frases até que você seja capaz de repeti-las sem o uso do papel.

Após essa sessão de memorização é recomendado que tire um cochilo. O processo faz com que as memórias, ainda num estado muito volátil se consolidem. Após o cochilo deve-se repetir os passos de 1 a 5 novamente, aumentando a retenção dos novos conhecimentos.

John se tornou tão bom em sua técnica que passou a ser capaz de aprender a matéria de qualquer prova (por mais difícil que fosse) em apenas 6 horas. Pode parecer muito tempo, mas não é, visto que o professor precisava de no máximo 6 horas para se preparar para qualquer prova, ainda que ele não tivesse nem ao menos aberto o livro durante todo o semestre.

John finaliza explicando que, no que tange técnicas de memória, é importante que você descubra alguma estratégia mnemônica que funcione para você, seja ela qual for. Quando se trata de técnicas de memória, não existem técnicas boas ou ruins: se funciona para você, ela é a técnica certa.

A Curva do Esquecimento

Você como estudante sabe, que por mais que nos preparemos, com velocidade e empenho, para uma prova, mesmo a gente se saindo bem, passados uns dias, o conteúdo, vai se perdendo.

Isso acontece, devido à curva do esquecimento. Baseada em um estudo teórico do psicólogo alemão Herman Ebbinghaus.

Essa curva mostra como perdemos a capacidade de reter informações com o passar do tempo.

O estudo levantou, o tempo que levamos para esquecer após aprender um novo conteúdo. De uma forma padrão, há um certa variação entre as pessoas é claro?

O resultado foi um gráfico que ficou conhecido como a curva do esquecimento. Uma perigosa armadilha para o estudante, assim como a ilusão da fluência.

Curva do Esquecimento

Como Escapar Dessa Armadinha?

A forma de escapar da armadilha, são as revisões espaçadas.

Quando você estaria para esquecer algo importante… Vem uma revisão, um tempo depois, outra e assim vai. Essa eu explico em meu livro sobre memorização, que aliás, está por ganha a sua terceira edição, revisada e ampliada.

Vamos ver como fica

Para garantir a retenção, você precisa seguir os seguintes passos:

  • 1.ª revisão, 10 minutos após o estudo inicial;
  • 2.ª, 24h após o estudo: revisão de 10 minutos;
  • 3.ª, 7 dias depois: reexposição de 5 minutos;
  • 4.ª revisão, 30 dias depois: revisão de 4 minutos;
  • 5.ª, após 6 meses.

Curva do Esquecimento e Revisões

Conclusão

Não é minha técnica favorita, aliás, nem é abordada em meu livro Mnemônica, dou preferência a coisas como mapas-mentais, mas com ela John realmente foi o primeiro aluno a conseguir 100% de aproveitamento na prova do professor que falei e uma técnica é sempre uma técnica. Para alguns ela pode ser a ideal.

O  que achou? Já conhecia? Conhece alguém que poderia tirar proveito dessa técnica, compartilhe!

Deixe seu comentário, conte pra nós como evita esquecer o que estudou e como aproveita melhor o seu tempo de estudos.

 
 
 
 
imagem Parecendo um Idiota Devido aos Erros de Português?

E-book GRÁTIS Mostra, com 28 Mapas Mentais de Gramática, como parar de cometer esses erros vergonhosos. Cadastre-se e receba também, nossas dícas para melhorar sua memória, para provas e concursos...

MigX

Engenheiro, funcionário público, metido a escritor e ilustrador... Publicou na Quark, Scarium e e-nigma. Membro fundador da Oficina de Escritores, vem tentando sua própria jornada do herói na vida, e a viagem do escritor, nos blogs e na OE.

One thought on “Método John Place para Memorizar Textos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.