Pin It

A Substituição Mnemônica.

Vamos ver agora, como utilizar o método da substituição mnemônica, para simplificar as informações, para que as mesmas sejam mais facilmente retidas pelo cérebro.

É interessante dar uma lida nos artigos sobre o Alfabeto Fonético e a Fixação Mnemônica, que estão profundamente relacionados.

A informação para ser facilmente retida pelo cérebro deve ser o mais simples possível. Vejamos, o método do artigo anterior, transforma números que são abstratos em coisas palpáveis, fáceis de se imaginar.
Agora vamos ver uma maneira de memorizar vários tipos de informação abstrata. A técnica serve para memorizar idiomas ou tratar informações abstratas tais como amor, tempo, ternura.
Os vocábulos de uma língua estrangeira são nada mais que um aglomerado de sons para os que não a dominam. Então como memorizá-los?
Substituindo as palavras por ícones fonéticos ou simbólicos e ligando a palavra desconhecida, abstrata ou estrangeira ao ícone substituto.
Ícone fonético é uma palavra que tem um som que se assemelha ao significado ou dado a ser memorizado e o ícone simbólico é um símbolo que lembra o significado, tipo o Tio Sam para os Estados Unidos, a bota para a Itália e o Papai Noel para o natal.

A substituição pode ser feita em ambas as direções, por exemplo:

Love – podemos usar como ícone fonético a palavra louve e como amor é uma palavra abstrata, devemos substituí-la também. Podemos agora usar um ícone simbólico como um coração cor de rosa.
Agora é só ligar as imagens. VISUALIZE a você de joelhos louvando a um coração cor de rosa enorme no altar de uma linda igreja.
Entendeu?
Não se preocupe com que as palavras sejam iguais ou muito parecidas, ou então em não lembrar que o coração cor de rosa significa amor. Confie em mim. Sua mente se encarregará de fazer a conexão corretamente. Apenas ligue os dois.
Faça a ligação usando a conexão mnemônica. Lembre-se dos fatores mais importantes para uma boa conexão: imagem, ação, exagero, desproporção, emoção.
Use verbos de ação na ligação das palavras, tais como: Correndo, amassando, quebrando, pulando, matando, batendo, girando, rasgando, estourando, etc.
Procure sempre usar imagens fortes, seja pela loucura, violência, sexo, etc.
Quanto mais louco e absurdo melhor.

Fonte: Mnemônica.

Veja também:

Compartilhe:

MigX

Engenheiro, funcionário público, metido a escritor e ilustrador... Publicou na Quark, Scarium e e-nigma. Membro fundador da Oficina de Escritores, vem tentando sua própria jornada do herói na vida, e a viagem do escritor, nos blogs e na OE.

2 comentários em “A Substituição Mnemônica.

  • 16 de maio de 2015 em 17:05
    Permalink

    Muito legal este blog! estou adorando as dicas, as informações!
    Parabéns ao criador e mantedor desta jóia de conhecimento!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *