Pin It

Por que dizer sim ao software livre?

linuxPesquisas comprovaram que empresas que optam pelo software livre (Linux, OpenOffece, Firefox…) gastam praticamente o mesmo valor final em informática do que se usassem software licenciado (Windows, MS-Office, Internet Explores…).

Mas então pro que eu optaria por software livre?

Simples. Uma questão de cidadania.

A empresa economiza o dinheiro das licenças. Independente do tamanho da empresa, com uns R$ 50,00 (valor de uma mí­dia com manuais e tudo mais), isso se quiser pagar alguma coisa, pois dá pra baixar tudo da internet, de graça e legalmente. Porém vai gastar o valor economizado em treinamento de pessoal, pagamentos a empresas especializadas em manutenção e suporte.

A diferença está em que o dinheiro pato em licenças, vamos falar da Microsoft, vai para o tio Bill Gates, já o gasto em treinamentos e suporte fica nas empresas locais que prestam esse serviço. Gerando riqueza no nosso paí­s, estado e cidade.

Melhora a qualidade do emprego e do empregado que serão qualificados para trabalhar com o software e essa qualificação tem o seu velor, tanto para o funcionário como para a empresa.

O dinheiro gasto, volta, de maneira indireta para a empresa, que fica cercada por esse dinheiro, que acaba sendo gasto ou investida na própria localidade.

No Brasil, algo em torno de 60 ou 70% do mercado de software é devido ao serviço publico. Se o governo adotar o software livre, os funcionários passarão a gostar dele, a saber trabalhar com ele, a adota-lo em suas casas, a ensinar seus filhos a trabalhar com o computador com software livre instalado, o que levará a pessoas “alfabetizadas” em informática com software livre, o que levará a uma maior facilidade de usar micros com Linux do que com Windows, o que facilitará a adoção de software livre por escritórios, consultórios, comércios e empresas, o que levara, levara, levara…

Mais riqueza para nosso povo. Menos pirataria. Profissionais de informática com um campo de trabalho muito mais fértil…

Espero sincerametne que o governo faça, o mais breve possí­vel, a opção patriótica pelo software livre.

Veja também:

Compartilhe:

MigX

Engenheiro, funcionário público, metido a escritor e ilustrador... Publicou na Quark, Scarium e e-nigma. Membro fundador da Oficina de Escritores, vem tentando sua própria jornada do herói na vida, e a viagem do escritor, nos blogs e na OE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *