Para as mães de maio

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Mais uma tradução livre de “A Las Madres de Mayo”, Ismael Serrano, Album: La Mamoria de los Peces (1996).

Para os amigos conhecerem mais um pouco.

Para as mães de Maio

Te procura mãe enquanto seu corpo é agitado
pelo mar, em que mergulha dormindo.
Sonha com o seu abraço, procura lembranças,
as que agarrar-se, para não conciliar o sono.

O mar se inquieta, é tempestade, lamento.
Quem poderia lançar mil anjos do céu?
Ele ouve seus gritos, brancos lenços,
cobrem suas águas, os trouxe o vento.
Enviar uma onda para que se leve
aos traidores que semearam tanta morte.

Navios e náufragos, ouvem suas vozes.
Dizem eles: “Nunca, nunca esqueça os nossos nomes”.
Diga às Mães que em algum lugar,
onde é necessário, ainda estamos lutando.

Mãe, seu filho não disapareceu.
Mãe, eu encontrei andando contigo.
Eu o vejo em seus olhos, o ouço em tua boca,
e em cada gesto seu, e ele fala comigo.
O vejo nas minhas lutas e me acompanha
entre as chamas de cada nova batalha.

Guiam minhas mãos,  suas mãos fortes,
rumo ao futuro, a vitória sempre.
Guiam minhas mãos,  suas mãos fortes,
rumo ao futuro, a vitória sempre.

MigX

Engenheiro, funcionário público, metido a escritor e ilustrador... Publicou na Quark, Scarium e e-nigma. Membro fundador da Oficina de Escritores, vem tentando sua própria jornada do herói na vida, e a viagem do escritor, nos blogs e na OE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Seja bem vinda, bem vindo!

Assine nossa lista  e, além de receber nossa newsletter com as novidades do site,
Ganhe 2 E-books Grátis:

Escreva Seu Livro
  • Escreva Seu Livro, o passo a passo para começar hoje mesmo!
  • 28 Mapas Mentais com as regras de ortografia e gramática, que todo estudante deveria saber!

Sucesso na inscrição!

Ocorrou um erro ao tentar encaminhar seu pedido. Por favor, tente novamente.