Pin It

Hawking acredita em vida alienígena, mas devemos ignorá-la.

Stephen Hawking: “Há vida extraterrestre, mas devemos ignorá-la”

Hawking acredita que muito além do planeta Terra existem formas de vida, mas os humanos devem fazer todo o possível para evitar contatos com espécies alienígenas.

Assuntos como esse são abordados em um novo documentário que será exibido pela cadeia de televisão Discovery, cujos trechos foram resumidos pelo semanário britânico The Sunday Times.

O argumento é forte. Com bilhões de galáxias no universo (se não houver mais de um) com bilhões de estralas cada uma, fica difícil estatisticamente falando, de acreditar que só haja vida aqui, mesmo vida inteligente.

O problema para Hawking seria a intenção de alienígenas inteligentes: “Precisamos apenas olhar para nós mesmos para ver como a vida inteligente pode transformar-se em algo com o que não gostariamos de encontrar. Fico imaginando seres extraterrestres que vivem em enormes naves espaciais que, após esgotar os recursos naturais de seu planeta, perambulam pelo Universo em busca de outro lugar para fazer o mesmo”, diz.

As suposições de Hawking são compartilhadas por seu colega Brian Cox, que vê como provável a vida em Marte, Europa (satélite de Júpiter) e Titã (satélite de Saturno).

Por sua vez, o astrônomo britânico Martin Rees adverte que a vida inteligente extraterrestre pode escapar ao entedimento humano, da mesma forma que os chimpanzés são incapazes de entender a teoria quântica.

Fonte: Vermelho.org

Veja também:

Compartilhe:

MigX

Engenheiro, funcionário público, metido a escritor e ilustrador... Publicou na Quark, Scarium e e-nigma. Membro fundador da Oficina de Escritores, vem tentando sua própria jornada do herói na vida, e a viagem do escritor, nos blogs e na OE.

Um comentário em “Hawking acredita em vida alienígena, mas devemos ignorá-la.

  • 28 de abril de 2010 em 12:15
    Permalink

    Achei um tanto estranho isso vindo de Hawkings, mas vou ver o documentario pra entender melhor o raciocinio.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *