Pin It

Estudo em humanos com células-tronco embrionárias

Um pé depois do outro e vamos caminhando para um futuro maravilhoso, em que as doenças não mais arruinarão nossas vidas. Com vocês, o revolucionário campo da ciência, que sem dúvida será o marco do século 21 (fora a acenção ao poder de homens idealistas como nosso Lula e o Barack Negão, que vão mudar a face do mundo), a ciência das células-tronco:

Uma empresa estadunidense de biotecnologia recebeu autorização federal para iniciar o tratamento de pacientes com problemas na medula espinhal utilizando a injeção de células-tronco embrionárias.

A empresa é a Geron Corp. de Menlo Park, Califórnia. Quem falou à imprensa foi o seu presidente, Dr. Thomas Okarma. “O estudo visa reconhecer a segurança do tratamento, mas também serão observados avanços como a volta do tato ou dos movimentos nas pernas”, afirmou.Os pacientes que serão atendidos são aqueles que sofrem de paraplegia, doença na qual conseguem movimentar os braços, mas não podem andar.

A liberação para esses tratamentos pode ser considerada um marco nesse campo. Nunca houve estudo sobre células tronco em pacientes humanos antes, afirmam especialistas.

As células tronco podem se desenvolver dentro de qualquer célula do corpo, e os cientistas as tem preparado para que possam produzir variados tipos de tecidos, agilizando o tratamento de várias outras doenças. Porém, o tratamento gera controvérsias porque, para a obtenção das células, embriões precisam ser destruídos.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vinha prometendo alterar as diretrizes vigentes no governo Bush para esse tipo de estudo. Porém, a ascensão do novo presidente à Casa Branca não tem nada a ver com a liberação do procedimento, afirmou Dr. Okarma.

“Na verdade, o projeto envolve o uso de células-tronco que já eram permitidas na administração de Bush. Embora nunca tenha havido financiamento das pesquisas por parte do governo federal”, disse Okarma.

Outro tipo de células tronco, chamadas “adultas”, já haviam sido usadas para tratamento de doenças cardíacas, por exemplo. – Telegraph

Veja também:

Compartilhe:

MigX

Engenheiro, funcionário público, metido a escritor e ilustrador... Publicou na Quark, Scarium e e-nigma. Membro fundador da Oficina de Escritores, vem tentando sua própria jornada do herói na vida, e a viagem do escritor, nos blogs e na OE.

2 comentários em “Estudo em humanos com células-tronco embrionárias

  • 30 de junho de 2009 em 07:10
    Permalink

    “A Ciência “espiritual” transcende a ciência terrena além da imaginação do maior sábio que possa ter existido na terra”.

    A proposta da Regeneração das Células-Tronco não embrionárias é evitar a produção de embriões (fetos) para que o nível de obsessão não se expanda e venha a provocar efeitos devastadores projetando nos homens já enfermos patologias crônicas difíceis de serem detectadas clinicamente, e se alastram sem controle atingindo principalmente o psicológico.
    Ao ser produzido um embrião; legiões de espíritos se mobilizam em ação de concorrência gerando inclusive entre eles alto grau de agressividade, por acreditarem ser possível se candidatarem a utilizarem o corpo em formação, (o embrião).
    Distante da realidade dos interesses terrenos, estes seres sedentos de oportunidades tem apenas um único objetivo: “a reencarnação”, mas ao se depararem com a realidade que aquele corpo, “motivo de disputa” não servirá o propósito das Leis do Universo, deparam-se com profunda decepção e se revoltam contra os que produziram o embrião para experiência ou qualquer outra razão justificada pelos “homens da ciência”.
    Jorge Guedes – Pesquisador

    Resposta
  • 8 de julho de 2009 em 14:30
    Permalink

    Obrigado pelo comentário.
    Seu comentário foi enrriquecedor.
    Estudo esses temas também e sempre me questiono com relação a isso.
    Obrigado novamente e continue participando.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *